Tétano

 

 

O que é

 

O tétano é uma infecção grave e não contagiosa causada pela bactéria Clostridium tetani¹. É popularmente conhecida como uma doença que se pega ao ferir a pele com um objeto de metal contaminado, mas ela pode ser contraída também por contato com fezes, terra e plantas que contenham a bactéria².

 

Quem está sob risco

 

Qualquer pessoa que tenha lesões na pele está sujeita a se contaminar, caso tenha contato com objetos ou materiais que contenham a bactéria. Bebês recém-nascidos podem ser acometidos do tétano neonatal, que ocorre devido a falta de higiene no cordão umbilical³.

 

Sinais e sintomas

 

A doença ataca o sistema nervoso central, causando rigidez muscular em diversas regiões do corpo⁴ após o período de incubação da bactéria, que vai de 3 a 21 dias⁵. A rigidez atinge principalmente o pescoço, o que dificulta o controle dos músculos da boca e da deglutição. Em casos mais graves, os músculos respiratórios também podem ser atingidos, colocando a vida do paciente em risco². Em caso de bebês de até 28 dias de vida com tétano, serão observadas fortes contrações pelo corpo, muito choro e dificuldade para mamar¹.

 

Transmissão

 

Encontrada em forma de esporos em objetos de metal e perfurantes, fezes animais e humanas, terra e plantas, a bactéria invade o organismo humano por ferimentos na pele². Mesmo que seja considerada uma doença não contagiosa, o tétano pode ser transmitido entre pessoas no caso específico de o ferimento de um indivíduo saudável entrar em contato com alguma mucosa de uma pessoa contaminada³. Instrumentos não higienizados utilizados para cortar o cordão umbilical ou materiais pouco higiênicos que cubram o coto (umbigo ainda não cicatrizado do recém-nascido) também podem transmitir a doença¹.

 

Prevenção

 

Uma das formas de prevenção contra o tétano é através da vacinação⁶. Caso haja um ferimento na pele, é importante lavar imediatamente o local com água e sabão e, se possível, água oxigenada, já que a bactéria não resiste ao contato com oxigênio⁴.

 

Tratamento

 

O tratamento para o tétano exige acompanhamento médico especializado, sendo que os cuidados com o paciente devem ser iniciados o mais cedo possível. Após o período mais delicado, grande parte do tratamento se dá pelo aguardo da recuperação orgânica dos tecidos comprometidos, sobretudo o nervoso⁴.

 

Para acessar as referências bibliográficas desta seção, clique aqui

 

PREVINA-SE, NÓS APOIAMOS ESTA IDEIA

Rua Domiciano Santana, 270 | Bairro Água Branca | Avaré-SP

Telefone: 14 3731-3251 - Celular:  14 99832-3006  - 14 99128-9439

 

© 2016 Clínica e Imunológica São Luís - Todos direitos reservados